Assinatura RSS

Mega Não Brasília 2010

Publicado em

O AI5 Digital resurge das cinzas e volta a tirar o sossego da sociedade conectada, mesmo com todo o debate e toda a polêmica o projeto vem movendo na Câmara dos Deputados e pode vir a ser votado.

Recentemente Julian Assange, ciberativista responsável pelo Wikileaks foi preso sob uma acusação das leis suecas, e existem evidências de fraude nas denuncias. Os recentes vazamentos publicados pelo site pelo menos 110 telegramas ao Brasil no tema Propriedade Intelectual, o que pode nos levar a uma reviravolta que poderá desnudar não só as intenções do AI5 digital (que já estão bem claras) como pode mudar o curso do ACTA.

É nesse contexto que os ciberativistas de Brasilia organizaram este Mega Não em Brasilia, no Balaio Café, nesta terça feira dia 14/12 à partir das 20h para discutir as recentes ameaças à privacidade e liberdade na rede, como os fatos novos gerados pelo Wikileaks e prestar solidariedade à Julian Assange.

Haverá uma bate papo com Ariel Foina (Pesquisador)Paulo Rená (Mestre em Direito), Yaso (Designer Independente), Daniel Carvalho (Rede)João Caribé (Ciberativista). Claro, sempre com espaço aberto para intervenções e diálogos.

E pra lembrar que a mobilização social sempre tem a ver com a cultura, vai rolar uma boa e velha festinha na sequência. Esdras e Prenass estarão no comando do som.

O Mega Não Brasília edição 2010 começa 20h ali no Balaio Café (201 norte), super parceiro nesse ativismo em defesa da cidadania na era digital!

Participe, informe-se, indigne-se e divirta-se!

meganao_bsb-2010

 

 

Sobre Paulo Rená

Paulo Rená da Silva Santarém é jurista, ciberativista e flamenguista. Chefe de pesquisas do Instituto Beta: Internet & Democracia. Integrante fundador do Partido Pirata do Brasil. Em 2010 obteve o título de mestre em Direito, Estado e Constituição pela Universidade de Brasília com a dissertação "Direito Achado na Rede: a emergência do acesso à Internet como direito fundamental no Brasil", na qual recupera a história recente da mobilização social contra o AI-5 Digital até o surgimento do Marco Civil da Internet no Brasil. Servidor público federal do Tribunal Superior do Trabalho desde 2004. Entre 2009 e 2010 atuou na Secretaria de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça, onde foi gestor do projeto de elaboração coletiva do anteprojeto de lei do Marco Civil da Internet no Brasil. Entre junho e setembro de 2012 coordenou o desenvolvimento da pesquisa Modelos de Negócios Abertos ("Open Business Models") pelo Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas.

»

  1. gente wikileaks é horrivel! do jeito que anda isso periga transformar a net de uma maneira que fique pior! eles vão fechar e controlar tudo, eles que são o perigo

    Responder
    • João Carlos Caribé

      Mas já!?
      Comecou o ataque dos Trolls e a patrulha ideologica, veja que este fake acima (OIN) fala uma grande bobagem e não apresenta nenhum argumento sensato. Devem pensar que somos idiotas, bom que pensem assim.

      Responder
    • Horrível porquê? Eles estão fechando o quê? Eles estão controlando o quê?

      Responder
  2. Pingback: Mega Não Brasília em solidariedade a Julian Assange « thalles.blog

  3. Pingback: MegaNão hoje no Balaio Café (201n) « Olhar Feérico

  4. O #AI5Digital Venezuelano não merece um Mega Não também? http://migre.me/3bgrj #culturadigital #meganao

    Responder

Entre no debate, deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: