Assinatura RSS

ALTERCOM é, enfim, fundada!

Foi aprovada, por aclamação, a Carta de Princípios da ALTERCOM, a Associação Brasileira de Empresas e Empreendedores da Comunicação, no sábado, dia 10 de Abril.

Depois de cerca de 10 horas de debates, foi aprovada a Carta de Princípios, o Estatuto (que logo será divulgado) e foi formada a primeira Direção Executiva da organização.

Foi decidido que a organização deve ter um caráter mais horizontal que vertical e que haverá amplo espaço para nós, blogueiros. Contaremos com uma secretaria específica para cuidar de nossos interesses e uma área jurídica para nos defender quando censurados, ameaçados e intimidados.

Palhares discursa na ALTERCOM

A organização administrativa da ALTERCOM ficou como se segue:

– Assembléia Geral, Composta por todos os associados, instância máxima de deliberação;

– Diretoria Executiva, Órgão colegiado com as seguintes funções:

* Presidente

* Vice-Presidente

* Tesoureiro

* Segundo Tesoureiro

* Secretário Geral (responsável pelas secretarias temáticas a serem criadas)

* Diretor Jurídico

* Diretor e Comunicação e Formação

* Diretor de Relações Internacionais

* Diretor de Relações Institucionais

– Conselho Fiscal (3 membros e 3 suplentes)

– Conselho Consultivo, formado por especialistas em diversas áreas, professores, técnicos e por qualquer membro interessado da Associação

– Comissões ou Secretarias Temáticas, onde entrará a seção especial de relacionamento com blogueiros e etc e que serão fruto ainda de debates quanto à organização, áreas de atuação e etc

O primeiro presidente da ALTERCOM, eleito no sábado, é Joaquim Palhares, da Agência Carta Maior e o Vice-Presidente é o Renato Rovai, da Fórum.

Na reunião de fundação a deputada Erundina fez um breve discurso parabenizando os presentes e recebemos ainda cartas e mensagens de diversos deputados como Paulo Teixeira, Raul Marcelo, Ivan Valente, Manuela d’Ávila dentre outros.

Erundina discursa

ALTERCOM

Associação Brasileira de Empresas e Empreendedores da Comunicação

Carta de princípios

A ALTERCOM é uma entidade associativa de empresas e de empreendedores,
de iniciativa individual ou coletiva. Nasce com o objetivo de
representar e dar legitimidade aos setores da sociedade que lutam por
uma comunicação democrática, E para defender a diversidade, pluralidade
informativa e a liberdade de expressão para todos.
MISSÃO

Constituir-se em um canal democrático de interlocução que possibilite a
defesa da liberdade de expressão e que contribua para a formação de uma
cidadania crítica, atuante e participativa.
PRINCÍPIOS e OBJETIVOS

1. Congregar os setores empresariais e os empreendedores que lutem pela
liberdade de expressão e pensamento;

2. lutar pela produção de conteúdos que representem a diversidade da
cultura brasileira;

3. Lutar por um marco regulatório que garanta a democratização da
comunicação, em especial nas concessões públicas de rádio difusão e
telecomunicações;

4. Lutar pela criação do Conselho nacional de Comunicação Social, com
ampla participação da sociedade brasileira, conforme decisão da 1º
conferência Nacional de comunicação (confecom);

5. Defender os princípios dos direitos humanos, principalmente o direito
à comunicação, e garantir o direito à diversidade, combatendo qualquer
forma de discriminação;

6. lutar por novos critérios que garantam a democratização da aplicação
dos recursos de comunicação do estado brasileiro em seus três níveis,
municipal, estadual e federal;

7. Apoiar a constituição de fundos de fomento para produtores de
conteúdo;

8. Apoiar a realização periódica da CONFECOM.

9. Constituir uma rede de de compartilhamento de informações e
conhecimento;

10. constituir-se em um espaço para formação e debates sobre
comunicação;

11. Lutar pela universalização do acesso à internet via banda larga e
contra qualquer tipo de restrição ao uso da internet.
10 de abril 2010

O 11º ponto surgiu por sugestão minha de deixar claro a necessidade da defesa da Neutralidade da rede e da universalização do acesso como contraponto à mídia tradicional e como forma de inclusão social.

Como se vê, a organização nasce com grandes objetivos e depois de ampla discussão e
uma ampla base de apoio.

Publicado originalmente no Blog do Tsavkko – The Angry Brazilian

Sobre Raphael Tsavkko Garcia

Freelance journalist covering Brazil, Spain and international politics, conflicts and human rights. My work has appeared in Al Jazeera, World Politics Review, Foreign Policy, PRI, The Intercept, OneZero by Medium, The Brazilian Report, among other news outlets. I hold a Ph.D. in human rights with a focus on migration, diaspora and online political mobilisation of ethnic minorities from the University of Deusto (Basque Country). You can find me on Twitter: @Tsavkko_intl

Entre no debate, deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: